Pages

quinta-feira, 18 de março de 2010

Espaço Cultural Praça da Liberdade - Belo Horizonte/MG (por Rafael Horta).

Caros amigos!

Finalmente nossa cidade receberá um espaço cultural e promete ser muito interessante. No final do ano passado fui em uma exposição na própria praça que mostrava como seria o Espaço Cultural Praça da Liberdade. O projeto recebeu influência de vários centros culturais que existem pelo mundo e está sendo realizado em parceria com empresas privadas. No domingo teremos várias atrações, como os shows dos artistas mineiros descritos na reportagem abaixo e inauguração dos dois primeiros espaços.

Quando morei no Rio em 2007/2008, percebi o "abismo" cultural que existe entre estas duas cidades. No Rio a valorização para teatros, shows, exposições, livros, músicas é muito maior que aqui, isso por um lado me deixou encantado com a cidade mas por outro me deixou um pouco triste pela cidade que moramos, com minha ida à Europa ano passado vi um contraste ainda maior sob este aspecto.

Como cidadãos belorizontinos temos sim que apoiar, incentivar e cuidar para que o espaço não seja apenas uma "propaganda" das empresas que estão financiando o projeto. Porém as parcerias me parecem bem sérias e não acredito que instituições como a UFMG entrariam em uma "barca". Belo Horizonte, que domingo "comemorou" o fim do Bar Brasil, acabou de fechar o "Music Hall", tem agora um local para mostrar que mais importante que ter boa comida, mulheres bonitas ou muito minério de ferro é divulgar a cultura e conhecimento de nosso povo, de nossa cidade.

Nos vemos domingo!

(Rafael Horta)


-----------------------------------------
Segue matéria do jornal Estado de Minas (retirada do portal UAI) falando um pouco mais sobre esse novo espaço cultural de BH.
-----------------------------------------

"
Domingo vai ser dia de festa na Praça da Liberdade. Será inaugurado o Espaço Tim UFMG do Conhecimento, na antiga sede da reitoria da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), a primeira a sofrer transformação para integrar o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul da capital. Apesar de aberto ao público somente na terça-feira, uma grande festa para brindar o novo espaço está sendo preparada para domingo. A partir das 14h, na praça, haverá exposições científicas e, às 18h30, show de Milton Nascimento e Lô Borges, com Fernanda Takai, Rogério Flausino, Wagner Tiso, Marina Machado e Telo Borges.

Arte, ciência e história também têm destino certo em outros cinco prédios históricos, que abrigavam órgãos estaduais. As mudanças, com apoio da iniciativa privada, foram divulgadas em março de 2005, mas até a semana que vem o
governo do estado deve anunciar qual será o futuro de mais quatro imóveis.

Na segunda-feira, dando sequência às inaugurações, o Museu das Minas e do Metal abre suas portas. Ele ocupará a ex-sede da Secretaria de Estado de Educação e foi construído em parceria com o Grupo EBX, que contribuiu com R$ 20 milhões. O espaço vai abrigar o acervo do Museu de Mineralogia, hoje em funcionamento no prédio conhecido como Rainha da Sucata, também na Praça da Liberdade, além de peças e documentos que ajudam a contar a história da exploração do ouro e de minerais no estado, em espaços interativos com imagens cenográficas.

Um único dia de visita ao Espaço Tim UFMG do Conhecimento será insuficiente para desvendar os segredos da
astronomia e da evolução da vida humana. Os cincos andares do centro – construído em parceria entre a empresa Tim, que investiu R$ 13,6 milhões, e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que elaborou a exposição – devem receber cerca de 100 mil visitantes. E a capital vai ficar mais perto do céu: no 5º andar, um planetário – uma espécie de cinema de 180 graus, com imagens digitais e tridimensionais de estrelas, planetas e fenômenos astronômicos – e telescópios de última geração vão aproximar o público dos mistérios do universo.

Os 2º, 3º e 4º andares serão espaços para mostras temporárias e experimentos interativos com temas ligados às ciências, às artes e às tecnologias. Com muita interatividade, alunos e professores de todas as áreas de conhecimento da UFMG elaboraram a exposição de estreia: Demasiado Humano. A origem do universo, o surgimento da espécie humana e o povoamento da Terra, o papel da escrita e ação do homem em relação à biodiversidade são os temas exposição.

Quem provavelmente vai enlouquecer com o espaço é a criançada. “A intenção dessas atrações é despertar a curiosidade de todos para os assuntos retratados. As escolas poderão agendar visitas para os alunos verem o conteúdo da sala de aula de uma maneira diferente”, explica a curadora do espaço, Patrícia Kauark. A Teoria da Evolução vai ser demonstrada em uma mesa sensível ao toque que simula o ambiente em que organismos disputam espaço. Um dos andares é dedicado à relação do homem com o ecossistema. Em um painel giratório, o público perceberá as consequências do consumo irresponsável.

Telefonia


“É como se fosse um supermercado. O cliente escolhe uma geleia e, quando gira o painel, descobre como o consumo desse produto pode prejudicar o meio ambiente”, explica a curadora. Aprender a importância da coleta seletiva também é motivo para as crianças brincarem: em um tapete computacional sensível às pisadas, o visitante passeia pela cidade recolhendo o lixo. Quem pegar mais ganha o jogo. Outro destaque é o crânio de um homem que viveu em Minas Gerais há mais de 11 mil anos. Ele seria integrante dos primeiros grupos humanos caçadores-coletores do estado e companheiro da jovem Luzia (cujo esqueleto é considerado o fóssil humano mais antigo das Américas), achado na região de Lagoa Santa, na Grande BH. No primeiro andar, há o Espaço Tim em que os visitantes vão conhecer um pouco da história da telefonia celular.

A reforma e restauração dos prédios que integram o circuito cultural, a maioria em estilo neoclássico e construídos nas décadas finais do século 19 e no início do século passado, estão orçadas em R$ 90 milhões. Cerca de 95% dos investimentos são de empresas privadas e o restante, do governo estadual."

FONTE: http://www.uai.com.br/htmls/app/noticia173/2010/03/18/noticia_minas,i=151992/CIRCUITO+CULTURAL+DA+PRACA+DA+LIBERDADE+INAUGURA+ESPACOS+DE+LAZER+EM+BH.shtml

1 comentários:

Wander Veroni disse...

Oi Carlinhos!

Creio que este espaço cultural na Praça da Liberdade será um grande incentivo para o fomento cultural na capital mineira.

Como jornalista, percebo que há um crescimento de atrações culturais na cidade, porém falta divulgação para o público usufruir destes espaços.

Abraço

Pessoas pelo mundo que passaram por aqui:

Total de visualizações de página

Facebook