Pages

sexta-feira, 24 de julho de 2009

"Quem nunca comeu melado, quando come se lambuza".

Esse velho ditado aí do título do texto que, pelo que parece, vem lá da época dos escravos, cai como uma luva numa situação que ocorre aqui em Teresópolis-Rj. A cidade está em meio a mais uma edição do Festival de Inverno, organizado pelo Sesc. São diversos eventos culturais interessantes, desde oficinas e shows musicais a peças de teatros de sucesso, como "Z.É. Zenas Improvisadas". O outro lado dessa ótima notícia para os moradores e turistas é a dificuldade em se conseguir um ingresso para acompanhar um dos eventos, já que as entradas são gratuitas e são distribuídas na porta do Sesc.

A crítica do blog não vai diretamente para o Sesc nem para os envolvidos nessa empreitada. Eles merecem, na verdade, aplausos por colocarem a disposição da população diversos espetáculos que suprem a carência cultural dos teresopolitanos. A crítica vai para o abandono que essa população sofre por parte dos seus representantes. Só para vocês terem uma idéia, fui duas vezes me informar sobre eventos que gostaria de participar, mas os ingressos já estavam esgotados, pois, como mesmo disse o segurança do Sesc, "tem gente dormindo na fila para garantir sua entrada". Olhem bem como fica exposta nossa carência cultural! A disputa pelos ingressos chegam a esse ponto: "Dez horas da noite já tem gente na fila para conseguir um ingresso que só começará a ser distribuído na manhã seguinte" - confidenciou-me o segurança. O que explica isso? - martela essa pergunta em minha cabeça desde semana passada.

Acho que agora os governantes (e, porque não, os empresários) não têm mais desculpas para a falta de opção cultural que se apresenta no restante do ano. Com um mínimo de vontade política e, até mesmo, visão comercial, saberiam explorar muito bem esse público em potencial, trazendo durante o ano, outros espetáculos para a cidade. Assim, ganhariam os moradores, os comerciantes, o turismo da cidade e, consequentemente, os políticos. Mas, pergunto: Será que há interesse em investir nessa área, ou é muito melhor manter uma população alienada, sendo agraciada apenas na época das eleições?

O que vocês acham?

Deixem seus comentários.


(Imagem retirada do site: http://brunaantunes.files.wordpress.com/2009/06/teatro.jpg)

21 comentários:

Marcus disse...

Oloco, fica a noite inteira pra conseguir um ingresso, na minha opinião, uma coisa puxa a outra, o jovens não tem divertimento, vão comesar a usar droga para se divertir...

Diego Rodrigo disse...

Isso significa que as pessoas de Teresopolis almejam cultura a todo custo, mas parece que estão jogados ao relento. É triste saber disso.

MioneNunes disse...

Eu acho que por ser raro acontecer algo do tipo, quando acontece todos querem participar, o que eh bom...mas tem uma super falta de organização ai...e de interesse por parte do governo...

gostei do blog, to seguindo ja
http://meannina.blogspot.com/

Rha Belloti disse...

Não conheço Teresópolis, mas moro no inteiror do RJ também, em Santo Antônio de Pádua. E aqui a situação é ainda pior, porque não temos nenhum evento cultural! Temos uma Exposição Agropecuária todo ano, com 3 ou 4 shows conhecidos e alguns shows regionais mas acredito que isso não basta para chamar de "cultura" de uma sociedade.

É muito triste o descaso dos políticos com seu povo, uma vergonha isso.

Vini e Carol disse...

Cara, o Brasil é um país fraco culturalmente!
Não digo pela falta de cultura, e sim pela falta de eventos culturais.
Um exemplo, em SP temos a virada cultural UMA vez por ANO!
Isso deveria existir TODOS os fins de semana, garanto que muita gente deixaria as baladas e as bebidas de lado para ler uns livros.
E a falta de inteligência cara, por isso somos um país subdesenvolvido.

Abraços.

Rubem disse...

Olá Carlinhos.
Você acha que as "otoridade" estão querendo população culta, instruída e bem informada? Pra que?
Para terem discernimento de julgar seus atos?
Não. É melhor deixar o público na ignorância. Fica mais fácil manipular.
Um abraço.
www.terapiadecutuvelo.blogspot.com

Anônimo disse...

Poxa, fiquei triste ao ler essa notícia, já que teresópolis sempre me pareceu uma cidade ''cultura''. aqui nos pampas todos os eventos estão sendo adiados ou cancelados por causa da gripe do pobre porco. que tristeza, daí me pergunto: melhor ficar gripado ou ficar entediado? um abraço

catherinedejupiter.blogspot.com

dominiomarinho disse...

Cara, população alienada é sempre bom pra quem manda, mas isso não significa deixar de investir em cultura (contanto que essa cultura não faça o povo pensar demais)... O que acontece é que, como tu disse, é de graça... Vai saber se esse público teria grana (ou vontade) pra pagar por um espetáculo cultural... E fazer apresentações de graça o ano todo fica complicado. Seria interessante investir mais no turismo, criar na cidade um foco de teatro e coisas do genero, como é gramado com o cinema, atraindo assim gente do país todo em um festival específico...

Rafael Iglesias disse...

Isso é bom mas é ruim, entende? askpoopka -- Eu faço teatro e sei das dificuldade que existem no meio. www.rafael.iglesias.zip.net

kikinhah disse...

Realmente é lamentável ter dormir na fila para conseguir um ingresso.
O governo investe pouco no que é bom pro povo brasileiro.
Parabéns pelo blog.
BjOs^^

Diego Janjão disse...

Cultura não é o forte dos brasileiros, nosso país é cheio de cultura mas raramente encontra-se alguém que almeja conhecer tal cultura!

chrisdark disse...

olha eu acho um absurdo ver pessoas dormindo em filas para conseguir ingressos os empresarios deveriam investir mais no divertimento cultural aumentendo os espaços e melhorando os mesmos

Bruno R.Ramos disse...

Interessante, acabei de postar uma matéria sobre o Festival de Inverno da cidade de Monte verde. Parabéns pelo belo texto sobre o evento.

Andréa Mota disse...

problema estadual, regional, mundial, humano.

a máxima da arte pão e circo tomou conta da lógica atual. sempre reciclando o que já se criou, e sempre a luz dos mais interessados.

as gerações futuras terão muitos parágrafos pra decorar nas provas de historia.

Fábio Flora disse...

Tamanha procura é a prova de que existe uma demanda por cultura. Abraços e sucesso com o blog!

Rosangela A. Santos disse...

Realmente é lamentável ter dormir na fila para conseguir um ingresso.
.. 2

Abç

Blog da Srtª Skellington disse...

gostei da materia , gostei do nome do blog e ja estou seguindo !

Wanessa Lins disse...

Acho que realmente faltou um pouco de organização nessa parte de distruição, uma pena mesmo! =/
Mas, o fato de esterem esgotados é até bom, veja só, o evento está bombando! ;)

:**
Beijoos


http://wanessalins.blogspot.com

Anônimo disse...

Bela reflexão! O título, porém, conflita com a mensagem do texto. Quem estaria se lambuzando? Os que passaram a noite na fila para provar um pouco do que raramente se lhes apresenta?

Anônimo disse...

unit can control and communicate with up to eight receiver boxes [url=http://www.thehorizons.com/isabelmarant.htm]Isabel Marant[/url] decide whether you want it to be a short and squat pumpkin or [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]http://www.thehorizons.com/nike.htm[/url] parts that need replacement or repair because all of these [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ルイヴィトン 財布[/url] Casanova to the core, Black Jack was infamous for his lascivious
of toilet paper and paper clips in 5 minutes or less. Make sure [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]nike スニーカー[/url] this situation and used rum as a bait to lure his crew .Soon rum [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン バッグ[/url] wedding celebrations. Raffles, cocktails and good food are [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ルイヴィトン 財布[/url] house raking in a huge booty. With the Internet becoming so
approved by the major players in home dish TV. Now one shouldn [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm[/url] even more enjoyable when you start winning, by using an effective [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ルイヴィトン 財布[/url] David Bizer. David [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]ナイキ フリー[/url] at least one provides greater general comparisons inside shopper

Anônimo disse...

would like to bring their next home game to a higher level could [url=http://www.aravind.org/coach.htm]コーチアウトレット[/url] terrier will have excess energy that will hinder its ability to [url=http://www.aravind.org/celine.htm]セリーヌ 店舗[/url] other. Push the cut pieces with your finger into or out of the [url=http://www.aravind.org/celine.htm]http://www.aravind.org/celine.htm[/url] with very little detail, if at all. The idea is to keep it simple.
player then looks at his cards and gets the sum of both cards. [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]トリー バーチ 靴[/url] lovable to dedicated owners. Curb your dogs Jack Russell [url=http://www.aravind.org/coach.htm]コーチ(COACH)バッグ[/url] combined with a leather tag on the rear. This offers a [url=http://www.aravind.org/celine.htm]セリーヌトート[/url] will it take, and whether you will be given tournament chips,
remain robust for the long-term. With respect to jack-up analysis [url=http://www.aravind.org/celine.htm]http://www.aravind.org/celine.htm[/url] for it. The production of oil and gas is of tremendous [url=http://www.aravind.org/celine.htm]セリーヌ[/url] A common problem in many homes that subscribe to satellite [url=http://www.aravind.org/coach.htm]コーチ(COACH)バッグ[/url] currently lives in Paris, France. Michael Ni: Its Michael Ni,

Pessoas pelo mundo que passaram por aqui:

Total de visualizações de página

Facebook