Pages

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

No ônibus inquieto.

Estou parado, dentro do ônibus, que rasga a rodovia. Mais uma viagem - curta viagem - e minha mente divaga...

Ao meu lado, um senhor não consegue ficar acordado, uma sucessão de cochilos. Na minha diagonal esquerda, um homem lê desde a partida um livro sobre Cristo...Amém!

O resto é silêncio que só é interrompido por alguns toques de celular. Bato constantemente o pé, enquanto o motorista vai tranqüilo, numa velocidade constante.

Lá fora faz um calor infernal. Orgulho-me do ar condicionado - invenção maravilhosa. Estou inquieto, por isso escrevo. Assim, concentro em mim.

----------

Ainda preso na poltrona do ônibus, lembrei-me da minissérie da Rede Globo, Capitu. Há alguns dias escrevi sobre Dom Casmurro (é só ler aqui no blog, "O Reencontro" publicado no dia 27/11/08) e, logo depois, descobri que fariam um especial sobre o livro. Fiquei fascinado e não pude perder. Estou adorando a maneira como adaptaram o livro para a TV, numa mistura de teatro com televisão - ótima mistura, por sinal. Os atores então, são maravilhosos. Vocês estão assistindo?

Uma frase de Dom Casmurro me chamou a atenção no seriado: “Eis aqui um que não fará grande carreira no mundo...as emoções o dominam”, fazendo referencia a Bentinho. Eu não tinha reparado nesse trecho quando li o livro, mas no seriado me marcou. A frase ficou martelando em minha mente. Carreira e emoção andando em direções opostas, fazendo forças para não se juntarem, como dois ímãs de mesmo pólo.

Eh Machado de Assis, quanta genialidade. Cada releitura uma descoberta.

(Imagem retirada do site: http://documentotupiniquim.com/wp-content/uploads/2008/02/onibus-1969.jpg)

18 comentários:

André disse...

gosto da tuas divaçoes do buzao...nao assisto os programas da globo por que nao pega na minha area eu nao faço a minina questao.
tche, nao sei por que o machadao nao me faz a cabeça.
www.blogdaincerteza.blogspot.com

Didi - Conquistadores disse...

Então, vc falando de Capitu ai, no meu blog tem um texto hoje sobre a série. Não estou vendo, mais uma amiga está. Parece ser bem interessante mesmo pelo trailer.

Diogo de Castro disse...

Tô acompanhando a micro sim, vc tem toda razão, tá muito boaaa, o livro nem se fala, ja li e gostei muito, me avisa qdo fizer o especial sobre o livro que quero conferir!

Marcel disse...

Eu adoraria ver uma adaptação de "O Alienista"... acho que eu iria pocar de rir logo no primeiro episódio! rsrs...

Ônibus é, sem dúvida, uma fonte de inspiração insubstituível.

Transparente disse...

Olha vc escreve muito bem,nao e atoa que e jornalista, mais engraçado, fiquei curiosa pra ler Dom Casmurro e olha que eu tenho o levro em hehe
abraçao e parabens

Dário Souza disse...

Cara adoro a série desde Queridos Amigos que nao via algo tao belo,e inovador na televisão,a minissérie é espetacular e aquela musica de bentinho e capitu??Linda demais

Jaquielio disse...

A série é muito boa.Porém muito diferente do que estamos acostumados á assistir na televisão.

Carlinhos Horta disse...

- André, obrigado pelas divagações...Respeito sua posição sobre Machado, claro!
- Didi - Conquistadores, a série é bem interessante mesmo. Se o trailer é bom, imagina a vera... rs.
- Diogo de Castro, livro e série são ótimos, realmente.
- Marcel, "O Alienista" realmente é demais. Uma adaptação para a TV seria imperdível!
- Trasnparente, obrigado pelas palavras. Sugiro que leia o livro mesmo - aproveite que você tem...
-Dário Souza, a série é muito boa e a música que embala o romance é demais. Chama-se "Elephant Gun", do grupo "Beirut".
- Jaquielio, a séreie é bem diferente do que estamos acostumados a assistir mesmo. Talvez seja esse uns dos segredos que me prendem.

Valeu pelos comentários e continuem à vontade.

Um abraço>

André disse...

to de novo na area...nao curto mesmo o machadao...abraços
www.blogdaincerteza.blogspot.com
a unica coisa boa dos buzoes sao as cochadas...a gente cocha uma mina e trinta boludos cocham o cara...

Arthur Santana disse...

machado de assis eh o fodaum!!
mto bom..
o texto q se colocou ai eh loco...
parabéns pelo bom gosto!
AUHEUAHUHEUHauehAUHuaheuhaUH
--
www.moolegal.wordpress.com

memórias póstumas 4 ever!
auhehuaeuhauhuaHAHeuahhAE

Conquistadores disse...

Machado de Assis, é machado de assim não?

Ele simplesmente é um genio brasileiro, da uma caneta e uma folha em branco para ele que ele em poucos minutos escreve palavras incriveis...

Falando nele, a minisérie baseada em seu clássico chegou ao final, e que final em.. Digno, infelzimente Capitu acabou.

Mais fiquem atentos, sera exibidos especiais na Record se não mi engano baseado em algo de Machado de Assis..

Abraços

Thamy disse...

kkkkkkkk..
Quando li o artigo "No ônibus inquieto" me lembrei da minha volta pra casa ¬¬
Imagina, o ônibus super lotado, chovendo com um trânsito horrivel..
Afe é de matar! Mas é o dia a dia! ;D

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Realmente, se tratando de Machado de Assis, cada releitura uma descoberta.
Eu acompanhei os quatro capítulos e, também me surprendi com a aura do teatro que o Luis Fernado, trouxe para a TV.
Deveriam fazer mais adaptações como essa para a TV.


http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/

Mari Borges disse...

Realmente é uma série mto boa.
Esse ano eu tive que ler o livro pra fazer prova, até que gostei mas não é um dos meus livros favoritos.

bjs

Silvio Peters disse...

Não jogue pedra em mim mas eu odeio Dom Casmurro haha!

Você escreve muito bem. Parabéns cara!

Dentro da Bota disse...

é viajar é sempre um bom momento para refletir...

Gostei do Blog...
Abraços...

Gi

www.dentrodabota.blogspot.com
(orkut)

blog disse...

Essa frase representou a oposição que os realistas faziam dos românticos - ou seja, aqueles que se deixavam dominar pela emoção.
Machado foi um mau romântico (Helena, Iaiá Garcia) e um deus no Realismo. Vingava-se, sempre que possível, com uma ou outra frase de efeito.
Ótimo.

Abraços

FG, do Ipsis Litteris

Deka Silva disse...

Que criatividade no bus hein...
Não estou assistindo Capitu!

Pessoas pelo mundo que passaram por aqui:

Total de visualizações de página

Facebook