Pages

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Caminho de flor e de espinho.

Saio dessa ilha interior em que vivo e ando em direção a uma claridade dura e crua. Lá fora os anjos e demônios se confundem. Uns com aspectos brandos, escondem raiva no interior. Outros, por sua vez, com caras alucinadas e pouco convidativas, trazem gravados em suas almas a bondade eterna. Esse paradoxo que se forma é loucamente fantástico. Observar e descobrir essas sutilezas é um dos melhores exercícios do viver em sociedade. Desvendar aquele lobo em pele de cordeiro é amadurecer nas futuras relações. Cabe a cada um criar seu tino de investigador e desvendar os mistérios que o cercam.

Forma-se um complexo jogo de tabuleiro - mas não é nada mais que um retrato da vida atual - onde o bem e o mal se cruzam e confundem seus jogadores. Mas, repito, é apenas o faz de conta da nossa sociedade. Estamos preparados para derrubar barreiras que se apresentam em forma de um convidativo mural de flores? Estamos prontos para descobrir aquele amigo como o maior dos traidores? Estamos?

Bom, minha resposta é a seguinte: Podemos estar ou não, mas a vida há de preparar nossos corpos e mentes - de um jeito ou de outro - para as consequências dos caminhos escolhidos. Portanto, para ter sucesso e malandragem (não gosto dessa palavra, mas vamos lá...) nos anos que se sucedem, é preciso pisar firme no solo que surgir. Dali em diante é com a gente.

Ah, claro. Uma pitada de sorte nunca é demais para se descobrir uma felicidade inesperada. Sorte a todos, com flores e sem espinhos.

10 comentários:

Julio Cesar disse...

hehe... verdade, devemos estar preparados para as consequencias dos caminhos que escolhemos

Rogerio Lima disse...

Estamos sujeitos a tropeços durante nossas caminhadas, mas é preciso saber levanter e seguir em frente.

http://poemasgoticos.blog.oi.com.br

sauzza disse...

Que post bonito esse o seu,parabéns,fostei muito de ler viu,você é um ótimo editor.........passa lá no meu,você vai se divertir........bjs e abraços........parabéns.

Daniel Souza disse...

Bem redigido o seu blog!!!!

Parabéns!!!

Rogerio disse...

muito bom....belas palavras,,,,

Wander Veroni disse...

Bela crônica, Carlinhos! Um policial amigo meu fala que não existe sorte, mas sim oportunidade. Existem pessoas que sabem exergar quando ela ela, outros não.

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

P. Florindo disse...

Acho que você poderia ter usado uma linguagem mais simples e direta. No mais, bom texto.

camila disse...

Seria ótimo se pudessemos enxergar a verdadeira face de todas as pessoas, e se pudessem enxergar a nossa, sem rótulos. Mas não é assim, nem sempre aprendemos com nossos erros, nem sempre acertamos o caminho a seguir ou com quem seguir...

Eu prefiro acreditar na sorte e em mim. Só assim para viver nessa constante mudança, seja minha, seja da sociedade, seja do caráter de algumas pessoas.

Ótimo texto e blog... Voltarei!

╬ Nothing has sense ╬ Felipesfr disse...

isso é muito real..

não sabem mais em quem podemos confiar, e ainda temos que arcar com as consequencias de nossas escolhas...

aparecia,, tem q ser algo mais aprofundado..

Felipe Luz disse...

Hey Parabéns ai muleke!!!

^^

Escreveste muito bem, paragrafo predileto 1º



http://luzeseuspensamentos.blogspot.com/

Pessoas pelo mundo que passaram por aqui:

Total de visualizações de página

Facebook