Pages

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Reconstruindo o futebol europeu - novo cenário.

Bom, pessoal, estava pensando esse dias sobre a competitividade do futebol, principalmente em relação aos campeonatos europeus. Pensei em como seria possível comparar uma competição com outra, com o objetivo de saber qual é a equipe mais forte do mundo. Claro, dirão vocês, que para isso existem os campeonatos entre os clubes de lá - como Copa da UEFA e UEFA Champions League. Mas, e quanto aos campeonatos nacionais, há como misturar as equipes e ver qual é a mais forte do mundo? Pois bem, com essa pergunta na cabeça, peguei a tabela dos seis principais torneios nacionais do continente europeu (ALEMÃO, ESPANHOL, FRANCÊS, INGLÊS, ITALIANO e PORTUGUÊS) e misturei as cinco equipes mais bem colocadas nas competições - com os resultados atualizados do último fim de semana. Bem, como podem perceber na imagem, gerou um fato novo, uma tabela imaginária, ranqueada pelo critério de aproveitamento de cada equipe em seu campeonato local. Vale lembrar que o critério é esse: Aproveitamento nos campeonatos nacionais. Não levei em conta a dificuldade de cada competição nem a fragilidade das equipes, mesmo sabendo da importância desses fatores.
Vamos lá:

TIMES

PONTOS

JOGOS

VITÓRIA

APROVEITAM.

Barcelona

78

31

25

83

Real Madrid

75

32

24

78

Inter de Milão

74

32

22

77

Man. United

71

31

22

76

Porto

57

25

17

76

Liverpool

71

33

20

71

Sporting

53

25

16

70

Chelsea

67

32

20

69

Wolfsburg

57

28

17

67

10º

Olympique de Marselia

64

32

18

66

11º

Milan

64

32

19

66

12º

Juventus

64

32

19

66

13º

Benfica

49

25

14

65

14º

Bayern de Munique

54

28

16

64

15º

Hamburgo

54

28

17

64

16º

Bordeaux

62

32

18

64

17º

Lyon

60

32

17

62

18º

Arsenal

62

33

17

62

19º

Hertha Berlin

52

28

16

61

20º

Sevilla

57

31

17

61

21º

PSG

59

32

18

61

22º

Stuttgart

51

28

15

60

23º

Genoa

57

32

16

59

24º

Toulouse

56

32

15

58

25º

Fiorentina

55

32

17

57

26º

Nacional

43

25

12

57

27º

Braga

42

25

11

56

28º

Valencia

52

31

15

55

29º

Aston Villa

54

33

15

54

30º

Atlético de Madrid

49

31

14

52


(Pessoal, como vocês irão perceber na tabela, estão faltando os EMPATES, AS DERROTAS, O GOLS PRÓ, OS GOLS CONTRA E OS SALDOS DE GOL. Tive que tirá-los devida a configuração do meu blog. Tive que fazer uma tabela mais "magra" para caber nesse espaço. Para acompanhar a tabela completa, basta clicar no link: http://escondidin.nafoto.net/index.html).

OS 10+.

Somente na décima colocação, com Olimpique de Marselha, é que fechamos a participação de pelo menos uma equipe de cada país, sendo que, entre os dez primeiros, temos: 2 ESPANHÓIS (BARCELONA E REAL MADRID); 1 ITALIANO (INTER); 3 INGLESES (MANCHESTER UNITED, LIVERPOOL E CHELSEA); 2 PORTUGUESES (PORTO E SPORTING); 1 ALEMÃO (WOLFSBURG) E 1 FRANCÊS (OLIMPIQUE). Talvez esse seja mais um exemplo da força e da competitividade dos clubes ingleses nos torneios da Europa, já que são os únicos com três clubes nas dez primeiras posições.

CHAMPIONS LEAGUE NA TABELA.

Dos 4 semifinalistas da UEFA Champions League, Barcelona aparece em 1º na lista geral e o próximo adversário dos espanhóis, Chelsea, aparece em 8º. Do outro lado da disputa, o Manchester aparece em 4º na lista geral e o Arsenal pode ser considerado o patinho feio da disputa, já que só aparece em 18º, com 62% de aproveitamento no campeonato Inglês. Seriam os Gunners a zebra da competição européia? Pelos números, podemos dizer que sim.

DOBRADINHA ESPANHOLA.

Também não podemos deixar de mencionar a dobradinha de Barcelona e Real Madrid na tabela. Apesar dos pesares - e da questão do grau de dificuldade da competição já mencionado, o aproveitamento das duas equipes é louvável: 83% para os Catalães e 78% para o time da capital espanhola.

ORA POIS.

Quando o critério é defesa, para minha surpresa, as equipes de Portugal fazem bonito no cenário mundial. Dos cinco times portugueses relacionados nessa tabela, três tem as melhores defesas do mundo (sic!). São eles: Porto e Sporting com 16 gols sofridos e Braga com 17 golos em sua meta.

TRIO QUE VALE POR ONZE.

O brilho do trio de ouro do Barça, formado por Henry, Messi e Eto'o faz história e fica evidente nos números. Reparem que os Catalães já balançaram as redes 88 vezes no campeonato nacional. É impressionante, principalmente, se compararmos com o segundo lugar nesse quesito, o Real Madrid, com 73 gols feitos.

VITÓRIA PARA MAIS E PARA MENOS.

Outra observação interessante é o número de vitórias. Claro, ninguém ganhou mais que o Barça, 25, e ninguém ganhou menos que o Atlético de Madrid, "somente" 14 vitórias (vale sempre lembrar que aqui estão os cinco melhores times de cada país!).

PERDER, JAMAIS!

Por outro lado, há uma trinca de times tradicionais que conheceram muito pouco a tal - e temida - derrota: Inter de Milão, Porto e Liverpool só perderam duas vezes em suas jornadas nacionais.

JÁ A FIORENTINA...

Bom, a tradicional equipe italiana, mesmo com uma boa campanha no Calccio, ficou na frente num quesito pouco desejado: foram 11 infelizes derrotas.

REVIRANDO A TABELA.

Se a tabela fosse por saldo de gols... Bom, se o critério de saldos de gols reinasse no mundo da bola, teríamos algumas mudanças. A dobradinha das equipes espanholas continuaria, mas o Liverpool, 6º colocado no aproveitamento, pularia para a terceira colocação, com 38 gols de saldo, acompanhado de perto pelo Chelsea, com 35 gols. Ainda nesse quesito, o Sporting cairia de 7º para 15º e o Hamburgo, da Alemanha, de 15º para a última colocação (30º). Por falar na rabeira da tabela, o Atlético de Madrid pularia da incômoda lanterna (30º) para a 19º colocação.



-Bom, pessoal, essa foi só uma forma de descontrair com os números e, principalmente, de tentar entender um pouco de como funcionaria os campeonatos europeus se fossem colocados lado-a-lado. É claro que é só uma análise superficial, sem levar em consideração inúmeras questões importantes, como o equilíbrio de um campeonato em relação a outro e diferença de investimento de um país para outro. O que acharam de toda essa construção? Aguardo os comentários. Vocês conseguem enxergar outras curiosidades não mencionadas por esse blogueiro?

2 comentários:

Bruno Almeida disse...

Conheci através do Blog do Marcel. Gostei muito! Apesar de não ter comparação entre Premier League e Campeonato Português, por exemplo, é bom ver como ficaria uma tabela de aproveitamento dos times europeus. E parabéns pela pesquisa.

Tchezar disse...

É... o Barcelona conseguiu realmente deixar a era Ronaldinho Gaúcho para trás com esse trio de ouro que time nenhum gostaria de enfrentar. Da gosto de ver!
Sobre os times ingleses, tenho acompanhado pouco, mas ressalto a força que os 4 maiores tem e como conseguem crescer em decisões!!

Pessoas pelo mundo que passaram por aqui:

Total de visualizações de página

Facebook